Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Abr 18, 2015 9:28 pm

19 de abril – Sábado

O dia amanheceu ensolarado em Santa Cruz na Bolívia convidando á todos os hospedes do hotel Palacios a curtirem o dia de sol na piscina. Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, seus produtores, BJ, músicos e seguranças não puderam aproveitar a manhã ensolarada, pois precisavam ensaiar para o show de logo mais. Lusillo queria que eles ensaiassem agora de manhã porque á tarde ás três e meia estava marcada uma entrevista na principal emissora de rádio com o RBD.

Ás nove da manhã após muitos chamados para que todos acordassem. Lusillo e Carolina possuíam atenção de Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Catire, Charlie, Bicho, Eddy e Guido. Os seguranças apenas faziam a segurança na sala de conferência, três do lado de dentro e dois do lado de fora da sala. BJ se encontrava no quarto que dividia com Christian dormindo.

Any (ela suspira): Por quê fomos acordados tão cedo pelo amor de Deus?
Pollito (ele suspira): Não são nem dez da manhã (todos tinham caras de sono inclusive os músicos. Os produtores eram os únicos que pareciam não terem sono).
Carol (sorrindo): Porque temos compromissos (Lusillo assentiu). Hoje temos show esqueceram?
Poncho (sorrindo): Mas o show não é só a noite?
Lusillo (sorrindo): É sim, mas precisamos ensaiar como sempre fazemos.
Charlie (sorrindo): Mas não ensaiamos a tarde mais perto do horário do show?
Bicho (sorrindo): É verdade para podermos afinar os instrumentos Charlie tem razão.
Carol (sorrindo): Charlie e Bicho, os dois estão certos, mas precisamos ensaiar com os seis e vocês agora porque o RBD tem uma entrevista em uma rádio á tarde (os seis se entreolharam surpresos, pois não sabiam dessa entrevista. Dulce Maria bufou contrariada por ter que dar entrevista e passar uma imagem falsa de felicidade da banda quando não estavam felizes).
Guido (sorrindo): Catire, Charlie, Bicho e Eddy nos vamos afinar os instrumentos mais tarde enquanto o RBD estiver na rádio dando entrevista.
Carol (sorrindo): Isso mesmo Guido ás três e meia tarde o RBD estará dando uma entrevista na principal emissora de rádio de Santa Cruz enquanto vocês afinam seus instrumentos.
Lusillo (sorrindo): Depois da do ensaio vocês já ficam no Estádio para o show e assim que acabarmos a entrevista, nós vamos para lá também.
Chris (serio): Não sabia que hoje antes do show tínhamos entrevista.
Carol (sorrindo): Não sabia, ou melhor, não sabiam porque até ontem pela manhã não tínhamos nenhuma entrevista agendada.
Lusillo (sorrindo): Á rádio nos procurou ontem á tarde e eu e a Carol acertamos a participação de vocês na entrevista.
Mai (seria): E por quê não nos avisaram?
Carol (sorrindo): Estamos avisando agora (a produtora ficou seria e olhou para Lusillo tentando entender a reação dos seis). Qual é gente? Essa não é a primeira vez que conseguimos uma entrevista de última hora.
Lusillo (serio): Verdade (ele suspira trocando olhares com a produtora e olhando nos olhos dos seis). Qual é o problema gente?
Dul (ela suspira irritada): O problema deles (a ruiva aponta os amigos que estavam de frente para ela, Christopher se encontrava ao lado dela assim como os músicos) eu não sei, mas o meu é que eu não aguento mais fingir que está tudo bem quando não está.
Chris (serio): Bebê calma (ele a puxou e a colocou no colo para que ela não saísse dali).  
Dul (ela suspira irritada novamente): Sai me larga (Christopher ignorou os protestos da namorada e a manteve em seu colo). Me solta (Chris negou o pedido dela).
Lusillo (serio): Dul, eu sei que está difícil, mas preciso que aguente firme só mais um pouco (a ruiva negou com os olhos cheios de lagrimas, Chris beijou o ombro da namorada fazendo carinho na mesma enquanto os demais só observavam).

Carolina Palomo suspirou entendendo o lado de Dulce Maria assim como Lusillo, mas não tinham como negar a entrevista, a produtora para encurtar o assunto ordenou que o RBD e seus músicos começassem a ensaiar. Charlie, Bicho, Eddy e Guido então tomaram seus postos e começaram a tocar seus instrumentos. Carol e Lusillo tiveram sorte ao obter o aval do gerente do hotel para ensaiarem na sala de conferência graças á acústica do local, o gerente pediu só que eles deixassem a sala arrumada quando saíssem fora isso podiam ensaiar o quanto quisessem durante o dia todo. Os primeiros acordes de Fui La Niña entou no local e Anahí começou a cantar. O RBD e seus músicos ensaiaram também ás músicas Money Money, MeVoy, Ser O Parecer, Dáme, Medley (Tenerte Y Quererte, Un Poco De Tu Amor, Otro Día Que Vá e SóloQuédate En Silencio), Inalcanzable, IWanna Be The Rain, Tal Vez Manaña, Bésame SinMiedo, Medley (Este Corazón e A Tu Lado), Sálvame, Y No PuedoOlvidarte, No Pares, Empezar Desde Cero, Medley (No Digas Nada, Si No Estás Aqui, El Mundo Detrás, Sueles Volver e Extraña Sensación), Cariño Mio Instrumental (Apresentação dos Músicos), Celestial, Aún Hay Algo, Trás De Mí e Rebelde. O ensaio durou o resto da manhã e inicio da tarde, eles só tiveram descanso quando Christopher alegou que precisavam beber um suco para hidratar as cordas vocais no único intuito de fazer a namorada tomar o remédio fora esse momento, os seis e os músicos, só descansaram na hora do almoço. Ás duas da tarde o Lusillo e Carolina Palomo deram fim ao ensaio. O RBD subiram ao quarto para se arrumarem para entrevista na rádio e os músicos foram se arrumar para afinar os instrumentos no local do show. Lusillo e Carolina Palomo também trataram de vestirem, ele ia acompanhar a banda e ela os músicos. Os seguranças ficaram arrumando a bagunça do ensaio, levaram os instrumentos para van que ia para o local do show com os músicos e Carol. Depois Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio ficaram aguardando no saguão do hotel por todos. Ás três em ponto Catire, Charlie, Bicho, Eddy e Guido desceram e acompanhados de Fernando, Marcos e Carolina Palomo seguiram para o Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, local do espetáculo. Ás três e cinco Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Lusillo, Oso, Alexandre, Otávio e o maquiador, BJ seguiram para rádio Esmeralda onde teriam uma entrevista exclusiva.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Abr 18, 2015 9:32 pm

Uma hora e meia depois o RBD, Luisillo, Oso, Alexandre, Otávio e Bj seguiram para o Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, local do espetáculo de logo mais. A entrevista tinha sido muito boa e com altos índices de audiência, logicamente o loucutor fez perguntas pessoas e profissionais mais como sempre todos se saíram muito bem. O asssunto a respeito de Pedro Damián e sua relação com Dulce não fora tocada assim como quando tudo foi descoberto e fim do RBD não foi comentado porque não era de conhecimento público ainda.

Estádio Ramón Tahuichi Aguilera

Ás cinco da tarde em ponto Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Lusillo, Oso, Alexandre, Otávio e o maquiador, BJ entraram nas dependências do Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, local do show de hoje. Catire, Charlie, Bicho, Eddy e Guido terminaram de passar o som enquanto Fernando, Marcos e Carolina Palomo cuidavam dos últimos detalhes antes de abrir os portões para os fãs entrarem. Ás cinco e meia da tarde os fãs finalmente entraram para o show. Quando os fãs já começaram a entrar na arena o RBD, os músicos e BJ se instalaram nos seus camarins, o RBD dividido entre camarim feminino e masculino junto com BJ que transitava nos dois camarins e o camarim dos músicos. Lusillo e Carolina Palomo transitavam em todos esses cantos inclusive na área do palco e os seguranças andavam em todo perímetro do palco e camarins fazendo a segurança. Ás nove da noite o RBD subiu ao palco juntamente com seus músicos e mais uma vez, eles arrasaram e fizeram junto com seus fãs um bonito espetáculo com casa lotada. Assim que o show acabou Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio, Carolina e Lusillo deixaram o estádio e foram direto para um restaurante para jantarem e comemorar o êxito da turnê em solo Boliviano.

Á uma da manhã Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio, Carolina e Lusillo chegaram no Hotel Palacios onde estavam hospedados, depois de terem jantado em um maravilhoso restaurante boliviano. Após todos pegarem suas chaves, eles subiram para seus quartos e á uma e meia da manhã RBD, seus músicos, seguranças, BJ, Lusillo e Carolina Palomo se encontravam em seus quartos, alguns dormindo outros ainda não.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 02, 2015 9:02 pm

No quarto de Christopher e Dulce

Ás duas horas da manhã, Dulce já tinha tomado seu remédio da noite e os dois estavam deitados. Christopher fazia caricias nas costas de sua ruiva esperando que ela adormecesse para que ele pudesse conciliar o sono também. O silêncio era total no ambiente quando o som de mensagem do celular tocara quebrando a tranqüilidade do quarto. O celular aptou, o casal despertou e ambos olharam seus celulares. O telefone de Chris não havia nenhuma mensagem, mas o telefone de Dul possuía sim uma mensagem que dizia exatamente assim:

Celular de Dulce Maria Saviñón

“ A VERDADE NEM SEMPRE É O QUE PARECE “

A ruiva leu a mensagem com uma interrogação na cabeça, Christopher pediu para ver a mensagem e a mesma lhe deu, ele leu e perguntou no mesmo instante.

Chris (ele suspira curioso e com aperto no peito): Quem te mandou isso? (Christopher devolveu o celular para Dulce).
Dul (sonolenta): Eu não sei, mas deve ser engano ou algo assim (ela coloca o celular na mesa de cabeceira). O número é desconhecido e não tem assinatura.
Chris (ele suspira): É pode ser (ele beija a testa dele já estava de novo sob o peito dele). Vamos nanar? (ela assente fechando os olhos). Boa noite Bebê.
Dul (sonolenta, ela sussurra): Boa noite.

Logo após o boa noite de Dulce, Christopher sentiu o corpo de sua Bebê relaxar sob o seu, Chris apesar de preocupado também não demorou a dormir exausto pelo dia cansativo que tinham tido.

Os dias foram passando e com eles os shows na América do Sul. O show DVD Live in Brasília foi um sucesso com direito a casa lotada, os outros shows também seguiram sendo um sucesso mais alguns não lotaram a casa, mas o público que compareceu ficou encantado com o RBD e suas performances.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 02, 2015 9:07 pm

18 de maio – Domingo

O RBD, os produtores, o maquiador, os músicos e os seguranças saíram antes das dez do Hotel Hilton em Belo Horizonte, local do último show do grupo no Brasil. Eles chegaram com antecedência ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves fizeram todos os tramites para poderem viajar e ficaram esperando serem chamados para o embarque. Ao meio dia e cinqüenta e um a aeronave decolou e seguiu viagem para Cidade do Panamá. Seis horas e trinta e nove minutos depois Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio, Carolina Palomo e Lusillo pousaram na Cidade do Panamá. Alguns minutos após pousarem na Cidade do Panamá os passageiros da aeronave que vinha de Belo Horizonte se dividiram em dois grupos, no grupo que iria ficar na cidade e no grupo que ia seguir viagem. O RBD, os produtores, o maquiador, os músicos e os seguranças eram alguns desses passageiros que estavam no Panamá somente fazendo uma conexão e por isso permaneceram na sala de embarque esperando a hora de embarcar. Uma hora e dezoito minutos depois Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio, Carolina Palomo, Lusillo e os demais passageiros embarcaram e seguiram viagem com destino á Cidade do México.

Quatro horas após deixarem á Cidade do Panamá, a aeronave pousou na Cidade do México ás nove e cinqüenta e oito. Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio, Carolina Palomo, Lusillo e os demais passageiros passaram na alfândega, pegaram suas bagagens e finalmente desembarcaram. O RBD, o maquiador, músico, os seguranças e os produtores saíram da sala de embarque todos juntos e seguiram em duas vans para Televisa.

Televisa

Ao estacionarem nas dependências da grande emissora mexicana, a famosa Televisa, todos desceram das vans se entreolhando, pois não sabiam o que faziam ali. Lusillo notando as faces confusas de Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Guido, Fernando, Marcos, Oso, Alexandre, Otávio logo falou. Carolina Palomo era única que sabia o motivo de estarem na emissora já que ela parecia tranquila em meio á aquele ambiente cheios de dúvidas.

Lusillo (serio): Sei que todos estão surpresos de estarem aqui (todos assentem surpresos), mas eu tenho uma explicação.
Carolina (seria): Na verdade nos temos já que eu sabia que íamos vir para cá.
Any (seria): E qual a explicação?
Lusillo (serio): Já vamos explicar (todos assentem), mas antes eu queria liberar o Catire, o Charlie, o Bicho, o Eddy (eles assentem aliviados, pois estavam cansados). O Guido vai ficar para conversar e depois passa para vocês (os músicos assentem mais uma vez). Podem aguardar na van que vieram do aeroporto para cá, o motorista foi só ao banheiro e já volta para levar vocês para casa (Catire, Charlie, Bicho, Eddy assentem de novo e seguem para van). Fernando, Marcos, Alexandre e Otávio (os quatro olham fixamente para Lusillo). Vocês também estão liberados e vão na mesma van dos músicos para casa ( os seguranças assentiram). Assim como Guido, o Oso vai ficar para conversar com a gente (os seguranças assentem de novo). Amanhã ele passa as coordenadas para vocês ( os seguranças assentiram novamente). Podem ir agora (os quatro assetem mais uma vez, se despedem de todos e seguiram para van também).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 02, 2015 9:11 pm

Carolina (seria): Agora que só temos nos vamos começar a esclarecer alguns pontos (todos assentem curiosos). Primeiro é extremamente necessário que essa conversa não seja comentada com ninguém (o motorista da van volta do banheiro, os seguranças e os músicos prontamente entram na van e seguiram para suas casas).
Lusillo (serio): Nem com seus familiares pelo menos por enquanto.
Carolina (seria): Portanto sigilo absoluto (todos assentem novamente). Os únicos que saberão disso aqui por enquanto serão os músicos e os seguranças, pois Guido e Oso conversaram com eles sobre nossa reunião amanhã.
Politto (serio): E o Pedro? Não vai ficar sabendo de nada? (os cinco e Guido olhavam expectante para Lusillo e Carolina. Oso era o único que sabia as respostas das duas perguntas, ele sabia daquela reunião reunião relâmpago, mas não tinha ciência de que era tão urgente a ponto de ser naquele exato instante).
Lusillo (serio): Ele já nos espera na sala de reunião.
Poncho (serio): Nos vamos entrar na Televisa? (Lusillo assentiu). Mas se entrarmos lá vão desconfiar que tem algo errado?
Lusillo (serio): Vamos entrar sim (Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian se entreolham preocupados. Já Guido e Oso apenas aguardavam as orientações de Lusillo e Carolina). Ninguém vai desconfiar de nada.
Carolina (seria): É só agir tranquilamente.
Dul (irritada): Fácil falar.
Chris (serio): Calma Bebê (Christopher abraça a namorada com carinho). Quando vamos entrar?
Lusillo (serio, ele olha para produtora): Agora (Carolina nega e Lusillo continua). Estamos só aguardando o ok do Pedro para entrarmos (todos assentem). Voltando ao assunto de descobrirem nossa presença aqui, “digam apenas que estamos dando a vocês cinco dias de folga a partir de manhã e por isso resolvemos fazer uma rápida reunião para acertar alguns detalhes da continuação da nossa turnê”. Entendido? (O celular de Carolina toca, ela olha o aparelho e recebe uma mensagem de Pedro autorizando a ela e aos outros a subirem).
Carolina (seria): Já podemos entrar (ela suspira). Me sigam, por favor, todos em silêncio para não fazermos muito alarde (Lusillo, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Guido, Dulce, Christopher e Oso assentem e todos começam andar seguindo Carolina). Lusillo fica no final da fila na retaguarda (Lusillo assente e passa para o final da fila atrás de Dulce e Christopher).
Dul (sussurra): Se é para agirmos tranquilamente por quê estamos entrando como se fossemos presidiários? (Christopher não se aguentou e gargalhou chamando atenção para ele e Dulce, todos olharam para os dois inclusive Carolina que fez um gesto de silêncio para eles. Christopher para de gargalhar e Dul bufa contrariada).
Lusillo (sussurrando): Porque não queremos ser notados, mas caso isso aconteça nos estamos calados devido ao cansaço da viagem (os dois olham para Lusillo). Agora fiquem quietos os dois.

Dulce bufa contrariada mais uma vez, Christopher somente sorri e abraça a mesma com carinho. Lusillo balança a cabeça sorrindo enquanto todos caminhavam em silêncio inclusive Chris, Dul e Lusillo.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 02, 2015 9:20 pm

Na sala de reunião

Após andarem em silêncio pelos corredores da maior emissora mexicana, Televisa, Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Guido, Oso, Carolina e Lusillo estavam todos reunidos na sala de reunião. Pedro Damián não estava lá como Lusillo falará.

Politto (ele pergunta curioso): Cadê o Pedro?
Lusillo (sorrindo): Eu não sei, ele disse a pouco que estava aqui.
Any (ela suspira cansada): Será que ele demora muito estou cansada?
Poncho (ele suspira cansado): Estamos todos cansados Any (todos assentiram menos Dulce que estava sentada entre Christian e Christopher).
Mai (ela suspira cansada): Verdade já são onze e meia da noite
Carolina (sorrindo): Ele deve ter ido ao banheiro tenham paciência (Pedro nesse momento entra na sala de reunião).
Pedro (serio): Oi desculpem a demora, eu fui buscar uns papeis que tinha esquecido na minha mesa com algumas anotações para mostrar a vocês.
Lusillo (sorrindo): Sem problemas Pedro.
Pedro (sorrindo amável): A viagem de volta foi boa? (todos assentiram menos Dulce que começou a mexer nas suas pulseiras no braço esquerdo para fugir dos olhares do pai). A viagem de volta não foi boa filha? (Pedro suspirou apreensivo por está pela primeira vez mudando a dinâmica com a filha. Ordens de Estella, ele precisava ser mais enfático, mas sem ser agressivo. A terapeuta pediu também para ele ter mais pulso firme com Dulce).

A ruiva olhou nos olhos de Pedro com um olhar de indiferença, perguntando com olhares
“ O que você tem haver com isso? e O que te importa se fiz ou não uma boa viagem? Ela suspirou incomodada com os olhares de todos sob ela, principalmente de Pedro Damián. Dulce bufou irritada e voltou a fixar as pulseiras.

Carolina (seria): Dul seu pai está falando? (Carolina suspirou sabendo que estava provocando a ruiva, mas era um pedido de Pedro para que ela e Lusillo sempre chamassem a atenção de Dulce quando ela não respondesse a ele).
Dul (seria): Ele não é meu pai (ela disse olhando fixamente para as pulseiras). Será que dá para falar o que viemos fazer aqui? Estou cansada e quero ir para casa dormir (todos ficaram sem ação pela forma dura que Dulce afirmou não ser filha de Pedro Damián. Carolina deu a mão ao amigo passando força ao mesmo e em fim Pedro falou).
Pedro (serio): Eu pedi ao Lusillo trazer vocês aqui porque ontem eu, a cúpula da Televisa, Lusillo e Carolina decidimos o dia do anuncio do fim do RBD (os seis e Guido se entreolharam surpresos, pois Carol e Lusillo se encontravam com eles e não tinham pelo menos tecnicamente participar da reunião). Eu me reuni aqui nessa sala com a cúpula da Televisa e a Carolina e Lusillo participaram por webcam, já que eles estavam com vocês em turnê (eles suspiraram assentindo. Oso somente escutava).
Chris (serio): E que dia vai ser anunciado o fim do RBD?
Pedro (serio): Dia 15 de agosto (todos suspiraram pesarosos inclusive Pedro Dámian).
Any (ela suspira com lágrimas nos olhos): Estamos á vinte cinco dias do anuncio do fim do RBD então? (Pedro, Carolina e Lusillo assentiram).

A ruiva suspirou em meio a indignação por achar que ainda não era a hora do fim assim como Christopher, Anahí, Christian, Pedro, Carolina e Lusillo. Todos esses citados também estavam tristes pelo fim do RBD, mas somente Dulce externava sua dor.

Dul (ela suspira indignada): Satisfeita Maite? Era isso o que você queria não é o fim do RBD?
Mai (seria): Não Dul, eu não queria que o RBD acabasse.
Dul (ela suspira): Claro só não queria fazer mais parte dele (Maite assentiu com lágrimas nos olhos ao ver o quanto Dulce estava ferida, mas a morena não tinha culpa pelo menos não toda culpa). Sinto lhe informar Maite, mas a sua desistência do grupo implica diretamente com o fim do RBD então sim você é culpada (Christopher tenta abraçar a namorada mais ela se afasta).
Chris (ele suspira carinhoso e continua a tentar abraçar a namorada): Calma Bebê me deixa te abraçar.

Dulce nega com lágrimas nos olhos. Christopher, Anahí, Christian também tinham lágrimas nos olhos. Oso, Guido, Pedro, Carolina e Lusillo somente observavam tudo deixando Dulce desabafar já que era algo raro. Apesar dá aparente calma dos cinco, eles também se encontravam emocionados.

Poncho (serio): Eu também não queria mais fazer mais parte RBD, mas eu não sou culpado pelo fim da banda e nem a Mai.
Dul (ela suspira irônica): Claro que não (a ruiva suspira tentando parar de chorar). E de quem é a culpa então? Minha por ser filha dele (ela aponta Pedro) mesmo não querendo ser e por tudo que essa descoberta de paternidade abrange? (Guido, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Oso, Pedro, Carolina e Lusillo suspiram pesarosos pela dor da ruiva que parecia ser bem maior do que todos ali).
Poncho (serio): Acho sim que fazem parte dos motivos pelo fim do RBD (todos olharam para Alfonso e balançaram a cabeça incredulos pela crueldade das afirmações dele. Pedro saiu de assombro pela afirmação de Poncho e falou tentando esconder a fúria pelo comentário de Alfonso)
Pedro (ele suspira tentando manter a calma): Chega os três (Christopher mesmo incrédulo pelo comportamento de Alfonso conseguiu puxar a namorada para o colo dele, Dulce entorpecida pelas palavras de Poncho deixou – se ser levada mesmo sem querer de fato sentar no colo do amado, ela queria na verdade sair dali). Não vai levar a lugar nenhum essa discussão (Chris beijou a testa de Dulce e abraçou a mesma com carinho, Lusillo ao lado dele passou a mão nas costas da mesma e Pollito fez carinho na perna da ruiva já que estava ao lado “dela”). Vamos seguir com a reunião, por favor, preciso tratar de alguns assuntos com vocês (todos assentiram menos Dulce que estava em choque pelas palavras duras de Alfonso). Bom primeiro (ele passa um papel para cada um. Christopher ficou com duas folhas, um para ele outo para ruiva) estou passando para vocês a continuação da turnê Empezar Desde Cero com as datas dos shows.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 23, 2015 9:03 pm

Carolina (seria): Quer que eu leia as datas Pedro? (Pedro Damián assentiu). Bom vamos lá 30 de maio Austin nos Estados Unidos, show no Travis County Expo Center, depois teremos uma grande pausa e voltaremos com o show na Ciudad Del Carmen, aqui no México claro na Feira Carmen. Outra grande pausa ( Pedro Damián pediu para falar, Carol assentiu e ele então falou).
Pedro (serio): Nos vamos no dia 29 de maio e voltaremos de viagem dia 1 de julho ou dia 2 julho ainda estou vendo (todos assentiram menos Dulce). No dia 4 de junho, vocês farão a última terapia de grupo com a Estella (todos assentiram novamente menos Dulce. A ruiva nem se manifestou quando Pedro citou a última terapia em grupo, o qual todos achavam que ela não ia querer participar). Bom nos dias 3 de junho á 18 de julho, nos vamos gravar o último CD do RBD que não vai ter turnê nenhuma só o CD mesmo (Christopher, Anahí, Christian, Maite, Alfonso e Guido assentem). No primeiro momento entre os dias 3 de junho ao dia 10 de junho, os músicos vão gravar as melodias (Guido assente), depois o RBD vai gravar as letras das músicas entre os dias 10 de junho á 18 de julho.
Lusillo (serio): Por isso a partir de amanhã pensem com mais afinco em músicas para o CD e Guido, por favor, cobre a todos e auxiliem se precisarem (todos assentem menos Dulce que continuava em transe após as palavras duras de Alfonso).
Pedro (serio): Com relação ao show de Ciudad Del Carmen, aqui México. Por ser pertinho nos vamos no mesmo dia do show dia 20 de julho e voltamos no dia 21 de julho (todos assentem novamente). Então outra grande pausa que teremos é dos dias 21 de julho a partir do momento que desembarcarem no aeroporto á 18 de agosto vocês vão tirar uns dias para descansar (todos assentem felizes pelos dias de descanso).
Lusillo (serio): Assim que comprarmos as passagens nos damos os horários certinhos para vocês (todos assentem mais uma vez). Nessa pausa nos queremos que vocês descansem bastante (os cinco assentem).
Politto (serio): Nesses dias de descanso que teremos é quando soltaremos o anúncio do fim do RBD?
Carol (seria): Exatamente três dias antes do fim do descanso que vamos dar a vocês (Christian assente, o restante do grupo ficou calado assimilando a constatação cada vez mais próxima do fim do RBD e Pedro tratou de continuar a reunião).
Pedro (serio): Enquanto o RBD e os músicos descansam Guido, a gente vai finalizar o CD mixando ás músicas (Guido assente novamente e Pedro Damián faz sinal para que Carolina continue a falar as datas).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 23, 2015 9:07 pm

Carol (seria): Continuando 21 de Agosto, nos vamos á Madrid na Espanha no Palacio de los Deportes.
Any (seria): Primeiro show depois do anúncio do fim.
Lusillo (serio): Exato.
Chris (serio): Não vamos .... (Dulce naquele instante se mexeu e Christopher parou de falar ficando tenso por achar que ela ia querer sair do colo dele e consequentemente da sala de reunião, mas a ruiva só se acomodou melhor em seu peito começando a ficar sonolenta).
Pedro (serio): Não vamos o que Chris? (Christopher não ouviu a pergunta do sogro, ele estava com os olhos postados na namorada que colocou a mão esquerda sob o peito dele). Chris? (Christopher levanta os olhos e Pedro pergunta novamente). O que quis dizer com o não vamos? (o loiro olha novamente Dul e ela solta um suspiro baixo dando sinais que ia mesmo começar a ressonar em seu colo, Chris então volta a olhar Pedro Damián e em fim fala o que ele queria perguntar).
Chris (serio): Desculpa (Pedro assente pedindo com olhar que ele fale o que queria dizer). Eu ia perguntar se não vamos ter a turnê de despedida?
Pedro (serio): Vamos sim, mas ainda não fechamos nada até porque ninguém sabe do fim do RBD (Christopher assente). O que nos decidimos é que a turnê vai se chamar Turnê do Adeus e vai ser nos meses de novembro á dezembro (Lusillo e Carolina assentiram). Portanto não temos data definidas ainda (todos assentiram). Podemos seguir falando das datas da turnê Empezar Desde Cero? (todos assentem). Carol prossiga então.
Carol (seria): 25 de Agosto em Barcelona no Palau Saint Jordi, 4 de Setembro em Liubliana na Eslovênia no Tivoli Hall, 5 de Setembro show extra no mesmo local ás 14:00hs e ás 21:00hs, 6 de Setembro em Bucareste na Roménia na Polivalenta Hall e 7 de Setembro em Belgrade na Sérvia na Belgrade Arena.
Lusillo (serio): Como perceberam de 21 de agosto á 7 de setembro estaremos na Europa então vejam o passaporte de vocês ainda está valendo para esses locais (todos assentem mais uma vez).
Pedro (serio): E quanto aos dias de chagadas e partidas de cada país nos daremos mais para frente, pois ainda não temos (Chris, Any, Christian, Mai, Poncho e Guido assentem mais uma vez). Agora anotem ai no dia 29 de maio á hora que partiremos daqui rumo á Austin nos Estados Unidos ao meio dia e dez no Aeroporto Internacional Benito Juarez (todos anotam). Cheguem cedo para gente fazer todos os tramites para nossa viagem.
Pollito (serio): Esse voo é direto?
Lusillo (serio): Não tem voo direto para Austin Pollito esqueceu.
Pollito (serio): Verdade. Mas e ai como vai ser?
Lusillo (serio): Sairemos daqui ao meio dia e dez em uma aeronave com destino a Austin, mas antes de chegar ao nosso destino final vamos fazer uma conexão em Houston ás quatorze e vinte e seis, desembarcaremos por lá e ficamos esperando um novo embarque (Lusillo fez uma pausa esperando alguma pergunta, mas como ela não veio ele seguiu falando). Esperaremos uma hora e onze em Houston, ás quinze e trinta e sete nos embarcamos outra aeronave e cinquenta e sete minutos depois desembarcamos em Austian ás dezesseis e trinta e quatro.
Pedro (serio): Á nossa volta nos informamos quando tivermos em Austin (todos assentem de novo). Bom gente estão liberados podem ir (todos assentem mais uma vez. Anahí, Christian, Maite, Alfonso se levantam de suas cadeiras. Christopher e Dulce, dos seis foram os únicos que permaneceram sentados, ele por querer e ela por está dormindo no colo do namorado). Guido se quiser ir fique a vontade (Guido assentiu e se levantou também).
Carol (seria): Aproveitem que estão aqui e deixem as roupas na sala de figurinos destinadas as roupas do RBD (Chris, Any, Pollito, Mai, Poncho assentem. Anahí, Christian, Maite, Alfonso e Guido então deixam a sala ficando apenas Christopher com Dulce em seu colo, Lusillo, Carolina, Pedro e Oso. O segurança que ficou calado durante toda reunião finalmente falou desabafando).
Oso (serio): Estou desapontado com Alfonso.
Pedro (serio): Todos nos estamos (Lusillo, Carolina e Christopher assentem). Mas vamos seguir nossas vidas e torcer para dar tudo certo para todos nos incluindo para Alfonso (os cinco assentem apesar de decepcionado com Alfonso não desejavam o mau ao mesmo).
Lusillo (serio): Tem razão amigo (Oso, Chris e Carolina assentem).
Pedro (serio): Só estou preocupado com a minha filha, eu não queria que ela estivesse sofrendo desse jeito e muito menos escutado esses duras palavras do Alfonso.
Carol (seria): A gente vai ajudar a Dul a superar isso (todos assentem). Precisamos ficar bem para que ela fique também principalmente você Chris (Christopher assente olhando a namorada ressonar em seu colo. Lusillo, Oso e Pedro assentem também observando Dulce e Christopher que por um momento concentrou sua atenção somente na ruiva).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 23, 2015 9:10 pm

Nesse momento Christian bate na porta e entra.

Pollito (serio): Desculpa incomodar, mas queremos saber se o Chris, a Dul, o Oso, a Carolina e o Lusillo vão com a gente na van? Porque as malas de vocês estão no carro.
Chris (serio): Verdade melhor a gente ir então (ele se levanta com Dulce em seu colo).
Oso (serio): Vamos sim (Lusillo e Carolina assentem e os três levantam de suas cadeiras).
Pedro (serio): Chris será que você pode ficar mais um pouco? Eu queria conversar mais algumas coisas com você, depois eu os levo para casa.
Chris (sorrindo): Claro meu sogro sem problemas, eu só preciso pegar minhas malas e a da Dulce na van.
Oso (sorrindo): Chris eu pego as malas para você e levo os vestuários dos dois para sala de figurino do RBD.
Chris (sorrindo): Agradeço Oso. As malas dos figurinos tanto o meu como da Dul são as malas médias.
Oso (sorrindo): Pode deixar (Christopher sorri em agradecimento). Pedro me dá a chave do seu carro para eu por as malas logo lá (Pedro dá a chave para o segurança). Eu vou pegar os figurinos colocar em uma mala só e levar para sala de figurinos, depois eu venho deixar essa mala e a chave do seu carro (Lusillo, Carolina e Christian só observavam a conversa esperando a hora de ir. Pollito além de observar a conversa possuía uma fisionomia engraçada achando que ele e todos na van iam ter que esperar Oso cumprir o que prometerá a Pedro e a Chris).
Pedro (sorrindo): Pollito sua cara está impagável (Christian sorri tímido arrancando uma gargalhada contida de todos para não acordar Dulce). Olha cara assustada da criança achando que vai ter que esperar por mais vinte minutos para ir para casa.
Pollito (sorrindo): Estou cansado Pedro, mas espero o quanto precisar se é para ajudar o Chris e principalmente minha amiga.
Pedro (sorrindo): Agradeço pela parte da Dul, mas para seu alivio eu levo o Oso também para casa só ajudem a ele a descarregar as malas dele, da Dul e do Chris.
Pollito (sorrindo): Pode deixar (Carol e Lusillo assentem). Tchau Pedro, Tchau Chris, tchau Bebê (ele beija a cabeça de Dulce que seguia dormindo).
Chris (sorrindo): Tchau cara.
Pedro (sorrindo): Tchau Pollito nada de farra, por favor, descanse (Pollito assente). Repasse esse aviso aos seus amigos também por favor (Christian assente novamente e deixa a sala).
Lusillo (sorrindo): Tchau Dul (o produtor beija a cabeça de Dulce carinhosamente). Tchau Chris (ele cumprimenta Christopher e Pedro Damián com um aceno).Tchau Pedro até amanhã.
Chris (sorrindo): Tchau Lusillo.
Pedro (sorrindo): Tchau amigo (Lusillo deixa a sala também ficando Oso, Carolina, Dulce, Christopher e Pedro).
Carol (sorrindo): Tchau Dul (a produtora beija a cabeça de Dulce carinhosamente também). Tchau Chris (ele cumprimenta Christopher e Pedro Damián com um aceno).Tchau Pedro até amanhã.
Chris (sorrindo): Tchau Carol.
Pedro (sorrindo): Tchau amiga, avisa ao Lusillo que ele e logicamente você só precisam aparecer aqui amanhã a tarde (Carolina assente e deixa a sala também ficando Oso, Dulce que seguia dormindo, Christopher e Pedro).
Oso (sorrindo): Vou lá resolver as coisas já volto com sua cheve Pedro e uma de suas malas Chris.
Chris (sorrindo): Beleza Oso e obrigado pela gentileza.
Oso (sorrindo): De nada Chris.
Pedro (sorrindo): Também te agradeço pela gentileza.
Oso (sorrindo): De nada Pedro vou lá já volto (os dois assentem e Oso já deixava a sala quando Pedro falou algo que o fez parar e olhar o amigo).
Pedro (sorrindo): Quando terminar tudo vá lá na minha sala que estarei lá com o Chris (Oso assente e sai da sala. Ele, Lusillo, Carolina e Christian então seguem para van onde Maite, Guido, Anahí e Alfonso esperavam). Vamos para minha sala? (Christopher assente). Lá tem o sofá e você pode deitar a Dul enquanto conversarmos (Chris assente novamente e os dois seguem para sala de Pedro Damián).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 23, 2015 9:14 pm

Na sala de Pedro Damián

Alguns minutos depois Pedro conversava com Christopher enquanto Dulce dormia no sofá.

Pedro (sorrindo): Adoro ver a Dul dormir (os dois espiavam Dulce no sofá dormindo), eu sempre dou um jeito de espiar meu Pingo de gente dormindo nos backstrage dos nossos shows.
Chris (sorrindo): Também adoro ver a Bebê dormindo (ele suspira lembrando de Dulce dormindo sob o peito dele só de calcinha, Pedro percebe a cara de bobo de Christopher e dá um tapa de leve no braço dele).
Pedro (sorrindo): Ei mais respeito com meu Pingo de gente (Christopher gargalha baixinho). Aposto que estava pensando safadezas.
Chris (sorrindo): Bom não é bem safadeza, mas ... (Pedro o interrompe).
Pedro (sorrindo): Chega não quero saber pela sua gargalhada e seu sorriso tenho certeza que não vou gostar muito do que vai dizer (Christopher somente sorri). Prefiro continuar pensando que meu Pingo de gente não faz certas coisas.
Chris (sorrindo): Se prefere pensar assim quem sou eu para discordar.
Pedro (sorri cinicamente): É mais seguro para você que eu continue pensando assim porque do contrário, eu posso querer quebrar seus dentes (Christopher para de sorrir na hora achando que o sogro falava serio e é a vez de Pedro gargalhar baixinho). Deus devia ver a sua cara de assustado agora (Chris assustado se toca que o sogro estava tirando onda com a cara dele). O que foi? Acha que eu ia quebrar mesmo seus dentes?
Chris (ele suspira): Não mas, ... (Christopher balança cabeça indignado). Olha seu Pedro Damián, senhor para de gracinha, quase me matou do coração.
Pedro (sorri cinicamente): Pois é assim que me sinto toda vez que penso que está dormindo com meu Pingo de gente.
Chris (ele suspira): Serio? (Pedro Damián gargalha mais uma vez e Christopher balança cabeça inconformado vendo o sogro tirar onda com a cara dele). Olha só não lhe devolvo o tapa no braço (Christopher olhando serio para Pedro e o mesmo continuava a rir dele) porque sei que você pode se juntar com Fernando e eu acabar me tornando um homem morto (Pedro volta gargalhar baixinho e Chris suspira demonstrando temor dos dois pais da ruiva juntos.
Pedro (sorrindo): Não vamos fazer nada contra você (Christopher suspira aliviado) se continuar andando na linha (Chris suspirou assentindo, Pedro apesar de sorrir amavelmente estava dando seu recado e Christopher lhe entendia porque se tivesse uma filha como Dulce também ia querer se assegurar que seu namorado fosse um bom homem para ela. Pedro suspirou mudando de expressão e Chris soube que o assunto que eles iam tratar agora era mais sombrio). Bom não era sobre sua relação com Dulce que queria lhe falar.
Chris (serio): É sobre o que então?
Pedro (serio): É sobre a terapia (Christopher assentiu e balançou a cabeça pedindo que progredisse com o assunto). É que eu ia sugerir que se a Dulce não quisesse vir a terapia você insistisse um pouco para que ela aparecesse para participar, pois no futuro Dul podia se arrepender de não ter participado ( Chris assentiu mais uma vez), mas depois de hoje tenho certeza que para Dul vai ser melhor, ela não participar (Christopher assentiu de novo feliz pelo sogro pensar exatamente como ele).
Chris (serio): Penso o mesmo, mas se ela quiser comparecer a terapia não vou poder impedir.
Pedro (serio): Claro e nem quero isso, Dul tem total poder de decisão com relação a isso (Christopher assentiu). Quanto a ...
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 30, 2015 9:29 pm

Nesse momento Oso bate na porta interrompendo o assunto, Pedro Damián lhe autoriza a entrar e o segurança entra na sala.

Oso (serio): Desculpa interromper (Pedro assente). É só para avisar que as malas estão guardadas em seu carro, as roupas dos shows estão na sala de figurino e as malas que estavam as roupas e os sapatos dos shows estão no carro também.
Pedro (sorrindo): Obrigado Oso (o segurança sorriu também). Agora sente ai (ele aponta a cadeira ao lado de Christopher e fica serio novamente), eu preciso só terminar de conversar com Chris e já vamos (Oso assente de novo ficando serio ao ver o chefe/amigo serio). É que eu tenho que terminar esse assunto com ele, pois não sei quando eu poderei voltar a conversar com ele.
Oso (serio): Claro.
Pedro (serio): Já passa da uma da manhã e sei que estão cansados então vou ser rápido (os dois assentem esperando Pedro Damián prosseguir). Como eu ia dizendo Chris com relação a terapia individual a Dul vai ter que fazer ela querendo ou não (Christopher assentiu). Bom conversando com a Estella ficou acertado que as terapias vão ocorrer nas seguintes datas (Chris pegou o celular e começou a anotar as datas) 11 de junho, 18 de junho, 25 de junho, 2 de julho, 9 de julho, 16 de julho sempre as quartas – feiras. Anotou? (Christopher assentiu novamente). Certo ai como disse a pouco na reunião com todo pessoal do dia 21 de julho á de 18 de agosto vocês vão tirar uns dias para descansar.
Chris (serio): Eu lembro (os três inclusive Oso que estava escutando a conversa dos dois olharam ao mesmo tempo Dulce deitada no sofá dormindo). Nesses dias a Dul vai ter terapia?
Pedro (serio): Então eu e a Estella decidimos que ela também vai tirar férias mais vai ser do dia 21 de julho á 5 de agosto (Christopher assentiu mais uma vez). No dia 6 de agosto e 13 de agosto também terá terapias nas quartas - feiras, dia 15 de agosto vamos dar uma nota anunciando do fim do RBD e quero que Estella acompanhe de perto esses dias que antecederam ao anuncio e quero que ela trabalhe com a Dul esse assunto.
Chris (serio): Acho uma excelente ideia (Oso que só escutava a conversa assente também).
Pedro (serio): 21 de agosto á 7 de setembro estaremos em turnê na Europa, mas assim que voltarmos no dia 10 de setembro também na quarta – feira ela terá outra terapia e nos dias 12 de setembro á 4 de outubro entramos em turnê novamente agora pela América do Sul e quando voltarmos Dul vai ter mais uma terapia no dia 8 de outubro em uma a quarta – feira também.
Chris (serio): Certo datas anotadas (Christopher digitou a última data dita por Pedro). As terapias serão no mesmo horário e na Televisa também como nas terapias em grupo?
Pedro (serio): Então falei com a Estella também sobre isso e ela disse que podia ser no mesmo horário. Pode ser? Estou te perguntando porque vai ser você com certeza o responsável pela Dul está na hora na terapia conversando com a Estella.
Chris (serio): Por mim tudo bem (ele anotou a hora no celular). E o local vai ser na Televisa mesmo?
Pedro (serio): Bom sobre isso Estella me sugeriu que fosse em outro local, mas eu ainda não sei qual. Alguma sugestão de vocês dois? (Oso que estava calado se manifestou ao ser solicitado).
Oso (serio): Eu sugiro que vocês façam a terapia na casa dos pais da Dul ou até mesmo na casa dos pais do Chris.
Chris (serio): Boa ideia Oso, a gente pode variar conforme a vontade da Dul em está na casa dos pais dela ou na casa dos meus pais.
Pedro (serio): Grande ideia Oso (Christopher assentiu). Bom era da terapia da Dul que eu queria tratar com você Chris (Chris assentiu novamente). Agora que está tudo acertado nos podemos ir embora (Pedro Damián levanta, Oso e Christopher também).
Chris (serio): Pedro me diz só uma coisa? (Pedro Damián assente enquanto guardava seus pertences nos bolsos da calça, Christopher já estava com telefone e carteira guardados nos bolsos da calça. Oso somente observava os dois). Quero só saber se posso acompanhar a Dul nas terapias?
Pedro (serio): Sinceramente eu não sei, mas posso perguntar a Estella (Christopher assente). Assim que eu falar com ela te ligo para dizer se pode ou não pode. Combinado?
Chris (serio): Claro.
Pedro (serio): Bom então vamos já são duas e quinze da manhã.

Oso e Christopher assentem, Chris vai até o sofá pega a namorada no colo e os três saem do escritório de Pedro Damián. Oso, Pedro e Christopher com Dulce em seu colo caminharam pelos corredores aquela hora completamente desertos e seguiram para estacionamento também deserto com poucos carros estacionados. Já no estacionamento Pedro abriu a porta do carro para Chris entrar com Dul entre os braços no banco de traz, ele entrou em seguida no banco do motorista e Oso entrou ao seu lado no banco do carona. Quinze minutos após sair da Televisa Pedro Damián deixou Christopher, Dulce e suas bagagens na casa dos Uckerman. Depois ele levou Oso em casa e por fim Pedro chegou em sua casa quase ás três e meia da manhã. Oso e Pedro assim que chegaram em suas residências foram dormir.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Maio 30, 2015 9:34 pm

Na casa dos Uckerman

Ás três e meia da manhã quando Christopher finalmente consegue deitar após conversar um pouco com a mãe e tomar banho. Dulce que até o momento dormia um sono relativamente calmo acorda balbuciando algo incompreensível para Chris que quase dormia aquela hora.

Chris (sonolento): Que foi Bebê? (Dulce suspira sonolenta e volta a balbuciar algo incompreensível). Bebê não estou entendendo (Chris mira os lábios dela e finalmente consegue entender o que tanto a namorada falava). Quer se cobrir é isso? (Dul assente de olhos fechados). Vamos te cobrir então (Christopher cobriu a namorada até os ombros, ele por está com a ruiva sob o peitoral dele, o lençol  acabou cobrindo o tórax quase todo). Prontinho Bebê boa noite.
Dul (sonolenta): Boa.

Christopher sorriu pela manha da namorada, ela apenas suspirou e voltou a dormir quase que instantaneamente. Chris beijou de leve a testa da namorada e logo dormiu cansado pelo dia atribulado que ele, a namorada e os demais tiveram.

Alguns dias se passaram desde que o RBD, BJ, seus produtores, músicos e seguranças chegaram da última turnê pela América do Sul. BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy usaram esses dias de descanso para resolverem problemas pessoais. Fernando, Marcos, Alexandre e Otávio apenas descansaram e curtiram a família. Guido, Pedro, Carolina e Lusillo trataram de resolver assuntos relacionados ao último CD do RBD, trataram de comprar as passagens para Europa, cuidaram das hospedagens também e fecharam a última parte da turnê Empezar Desde Cero pela América do Sul. Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian descansaram e tentaram compor. Chris e Dul no dia 21 de maio fizeram mais um aniversário de namoro comemorados em um jantar a luz de velas e terminados na cama em meio ao clima caliente e romântico. No dia 29 de maio o RBD fez mais um show assim como no dia 20 de julho e entre os dois shows aconteceu a despedida da terapia em grupo. Terapia está que não teve a presença de Dulce Maria, mas Chris, Any, Poncho, Mai e Pollito participaram da terapia com a mediação de Estella, os cinco conversaram abertamente sobre o fim do RBD e depois de exporem seus sentimentos relembraram histórias vivenciadas por eles mesmo. Depois da terapia o grupo ainda se reuniu com Guido com a presença de Dulce que apareceu na hora da reunião. Guido perguntou se alguém tinha conseguido escrever e a ruiva foi a única que entregou uma música chamada de Más Tuya que Mía, o produtor musical agradeceu avisou que ia mostrar a canção para os outros produtores do CD e que depois que aprovada iria mostrar a eles. Guido ainda entregou ás outras músicas que iriam constar no novo CD para que todos se familiarizassem com as canções, falou que ele e os músicos já estavam em Studio gravando as melodias e lembrou aos seis que dia 10 de junho iam começar as gravações do CD. Mais alguns dias se passaram e o RBD gravou seu último CD com treze músicas incluindo a canção escrita por Dulce Maria. Nesses dias que passaram até o dia 20 de julho também ocorreram a terapia individual de Dulce realizadas sempre na casa dos pais dela e na casa dos pais de Christopher eram em uma desses locais sempre dependendo onde ela se encontrava, terapias que foram intensas e até mesmo proveitosas porque a ruiva apesar de nas três primeiras reuniões não falar nada nas últimas sessões ela chegou a conversar, mas Dul falou somente dos pais adotivos e da família. Estella por hora estava cautelosa não tocando no assunto Pedro Damián, a terapeuta sabia que ia ser muito mais difícil para ruiva falar sobre o pai biológico. Apesar de as perspectivas serem um pouco pessimistas com relação aos próximos dias, a Estella se sentia satisfeita e esperançosa que aos poucos ela ao menos começasse a fazer Dulce entender as atitudes de Pedro Damián.

No dia 21 de julho após voltarem da Cidade de Carmen Dulce, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, BJ, Catire, Charlie, Bicho, Eddy, Fernando, Marcos, Alexandre, Otávio tiraram suas merecidas férias até o dia 18 de agosto. Guido, Oso, Alexandre, Pedro Damián, Carolina e Lusillo apesar da falta da turnê seguiram as atividades do RBD, eles terminaram o CD com no indefinido acertando as mixagens das músicas e acertaram detalhes da turnê da Europa e América do Sul. Cada um descansou da sua maneira, Dulce e Christopher no mesmo dia que voltaram para casa comemoraram mais um mês de namoro com um jantar romântico em um quarto de hotel famoso na Cidade do México que terminou sob o lençol da cama do mesmo com juras de amor eterna e muito carinho de ambas as partes. No dia seguinte o casal foi para casa dos pais dela para participarem do churrasco de aniversário de 31 anos de Claudia, o aniversário da mesma foi no dia 15 de julho, mas devido a viagem de Dulce e Christopher, Clau só estava comemorando naquele dia com a presença dos pais de Chris, dos irmãos dele, cunhadas e do afilhado que se encontrava com quase um ano. Flávia e Samantha já se encontravam com 4 meses de pura gostosura. O churrasco foi tranqüilo, animado e todos curtiram muito. Os dias que se seguiram foram tranquilos e por não ter terapia para Dulce, eles seguiram para Cozumel mais precisamente para casa de Ivalu para descansarem até o dia 5 de agosto.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Jun 20, 2015 9:00 pm

6 de agosto – Quarta - feira

Casa dos Saviñón – 15h45 da tarde

A rotina na casa dos Espinoza Saviñón ia mudar completamente pela segunda vez em apenas 4 meses, idade das gêmeas de Flávio e Claudia a partir de amanhã quando termino da licença da maternidade ia terminar. Como Flávia e Samantha ainda mamavam Claudia combinou com Blanca que durante a manhã, ela ia tirar leite para as mamadas matutinas já que trabalharia de manhã em um hospital do município e a tarde a irmã mais velha dos Saviñón Espinoza atenderia no seu consultório deixando seu horário bastante flexível ficou acertado que ela iria para casa no período vespertino para as mamadas das gêmeas. No seu último dia em casa Claudia estava na sala com Flávia e Sam em suas poltronas de balanço enquanto conversava com Christopher e Dulce. Blanca e Maria estavam no mercado e Fernando e Bianca se encontravam no trabalho.

Clau (sorrindo): Vocês vão ajudar a cuidar das meninas nessa fase de adaptação dessa nova rotina? Sei que vocês logo vão ter que ir viajar, mas pelo menos nas duas primeiras semanas da minha volta ao trabalho.
Chris (sorrindo): Claro Clau vai ser uma honra.
Clau (sorrindo): E você Bebê vai me ajudar?
Dul (ela suspira distraída): Que?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Jun 20, 2015 9:02 pm

A ruiva suspirou distraída pensando na terapia que estava prester a acontecer, a terapeuta daqui a pouco ia chegar na casa dos pais de Dulce para a sessão de terapia e ela se encontrava um pouco nervosa já que Estella havia comentado que queria falar sobre outro assunto com Dul sem ser sobre a família Saviñón Espinoza. A Bebê se encontrava nervosa por pensar que a terapeuta iria tocar no nome de Pedro Damián, mas para sorte de Dulce já tinha sido acertado com Pedro que o assunto fim do RBD seria abordado nessa terapia de hoje e na próxima.

Chris (sussurrando): Estou distraída pensando na terapia de daqui a pouco.
Clau (sussurrando): Entendi, mas estou preocupada com o quê?
Chris (sussurrando): Estou com medo de Estella falar sobre meu assunto indesejado.
Clau (sussurrando): Pedro Damián? (Christopher assentiu serio, Clau suspira e estala os dedos na frente da irmã mais nova). Ei Bebê estou falando com você (Dulce em fim se toca que a irmã mais velha estava falando com ela).
Dul (ela suspira): Que?
Clau (ela suspira): Vai me ajudar?
Dul (ela suspira): Em que?
Chris (sorrindo): A ajudar a Clau a cuidar das meninas Bebê (Christopher sorri, pega a namorada no colo e beija a namorada com carinho). Eu vou.
Dul (ela suspira): Eu ajudo também.
Clau (ela suspira): Que ótimo a Flávia e a Sam amam vocês e adoram quando cuidam delas sempre com muito carinho (Clau sorri olhando as filhas dormindo e volta a olhar a irma caçula e o cunhado caçula).
Chris (sorrindo): A gente ama muito elas também e adoramos cuidar delas.
Dul (ela ri): Menos limpar a cacas delas (Claudia e Christopher gargalharam baixinho para não acordar as gêmeas). É serio.
Clau (sorrindo): Tadinha das minhas meninas se dependerem da tia Dul vão ficar sujar.
Dul (ela ri): Vão mesmo a não ser que o tio Chris limpe.
Chris (sorrindo): Eu limpo né não vou deixar as meninas sujas.
Clau (sorrindo): Obrigado tio Chris (Christopher e Dulce riem iniciam um beijo cheio de carinho).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 01, 2015 9:09 pm

A campanhia toca.

Clau (sorrindo): Eu atendo (Claudia levanta para atender e deixa Christopher e Dulce aos beijos). Oi Estella entra (a terapeuta entra na casa do Espinoza Saviñón). Tudo bem? (Dul para de beijar o namorado e olha a terapeuta na porta da casa dos pais dela).
Estella (sorrindo): Oi tudo bem e vocês? (a ruiva suspira ficando tensa e se grudando a Christopher).
Clau (sorrindo): Tudo bem graças a Deus.
Chris (sorrindo): Tudo bem também (Dulce agarrada ao namorado, abraçou o mesmo deixando claro que não queria se separar dele).
Estella (sorrindo): E você Dul?

Dulce não responde se mantendo calada. Estella suspirou notando em como a ruiva estava arrisca e grudada a Christopher, a terapeuta soube no ato que ela teria problemas hoje em obter qualquer tipo de conversação com Dulce. Clau e Chris se entreolharam buscando uma maneira de facilitar a vida de Estella mesmo que isso significasse “magoar temporariamente Dulce”.

Chris (sorrindo): Bebê, a Estella está perguntando para você se está tudo bem?
Dul (a ruiva suspira distraída pedindo mentalmente que Christopher continuasse ali, já que ela tinha consciência que Estella não ia embora até a sessão com ela terminasse): Que?
Chris (sorrindo): Estella está perguntando se está tudo bem? (Dulce assente sem encarar a terapeuta nos olhos e sem manter qualquer diálogo com a mesma).
Estella (sorrindo): Vamos a terapia Dul? (Dulce prontamente negou balançando a cabeça negativamente e se agarrando mais ao namorado, Christopher por sua vez tratou de segurar a cintura da namorada para ela não querer fugir). A terapia vai ser aqui mesmo?
Chris (sorrindo): Não é melhor vocês ficarem no quarto da Dulce (Estella assentiu. Christopher levou do sofá com Dulce no colo). Eu levo vocês lá (Estella assentiu novamente). Clau já venho para ficar te ajudando com as meninas.
Clau (sorrindo): Agradeço (Christopher sorriu e Estella também, Dulce ao contrario dos dois não sorriu se grudando mais ao namorado). Flávia e Sam daqui a pouco acordam com a corda toda (Chris assentiu e saiu rumo ao quarto de Dulce com a namorada em seu colo e com Estella logo atrás deles).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 01, 2015 9:18 pm

Três minutos depois Estella, Christopher e Dulce se encontravam no quarto da ruiva. Estella sentada na poltrona ao lado da varanda, Dulce sentada na cama com o namorado em pé em frente a mesma, ele com muito custo tinha conseguido tirar a namorada do colo dele e agora Chris tentava se desvencilhar das mãos dela que estavam agarradas as mãos do mesmo. A terapeuta só observava tudo esperando a hora de agir.

Chris (serio): Bebê, Estella está esperando você me soltar para ela começar a terapia contigo (Dulce nega dizendo que não ia soltar ele). Você precisa me soltar sim a Estella não deixa eu ficar com você desde que começaram as terapias individuais lembra? (a ruiva nega balançando a cabeça negativamente, mas ele e Estella sabiam que Dulce lembrava desse fato. Pedro tinha avisado no dia seguinte a conversa com Christopher na madrugada que Estella havia avisado que ele não ia poder participar das terapias).

Estella notou que Christopher estava com dificuldade de se desvincilhar da namorada e resolveu intervir, a terapeuta levantou da poltrona e se encaminhou para porta do quarto abrindo a mesma.

Estella (seria): Dul solta o Chris, ele precisa sair do quarto para a gente conversar (Dulce negou novamente querendo voltar abraçar o namorado, Christopher apenas observava a namorada pensando em uma maneira menos traumática para se separar dela, ele olhou a terapeuta pedindo ajuda, a mesma sussurrou “ Solta as mãos dela e sai porta fora sem olhar para ela”, Chris assentiu e começou a tentar se soltar de Dulce).
Dul (ela suspira começando a chorar): Não me deixa Chris (Christopher suspira e consegue soltar uma mão, ele imediatamente afasta a mesma para namorada não lhe agarrar novamente, a ruiva já desesperada pela iminente separação soluçou aos prantos). Não, por favor, Chris não me deixa (Chris aflito usa a mão que estava solta para soltar a outra mão e se afasta de Dulce e caminha até a porta a passos apressados, ela vem logo atrás chamando por ele aos prantos). Chris ... Chris ... Chris (Christopher olha com lágrimas nos olhos para Estella, a terapeuta pede calma ao mesmo e o incetiva a deixar o quarto, ele passa a mão no rosto, entrega a chave a Estella e sai do quarto, ela rapidamente fecha porta, tranca a mesma e se afasta. Dulce ao contrário da terapeuta vai até a porta e começa a esmurrar a mesma). Chris ... Chris ... Chris (Christopher do corredor escutou as suplicas da namorada chamando por ele para não voltar para a porta, ele resolveu descer e ficar fazendo companhia a Clau e as gêmeas).

Dulce Maria aos prantos bate mais algumas vezes na porta chamando por Christopher, a ruiva batia desesperadamente na porta do quarto querendo sair dali, ela se encontrava com medo de está sozinha no mesmo ambiente que a terapeuta. Dulce tinha verdadeiro pânico em conversar com Estella e a mesma falar algo do seu pai biológico. A terapeuta assistiu durante meia hora a ruiva intercalar momentos de choro alto, soluços e pedidos de socorro ao namorado. Quando relógio de Estela mostrou que eram exatamente 16h30, Dul finalmente cansou de ficar em pé e sentou no chão encostada na porta, a ruiva ainda esmurrou algumas vezes a porta mais logo parou, ela então ficou imóvel em meio a soluços de desespero e só parou de chorar depois de mais meia hora. Estella após assistir o descontrole da ruiva esperou a mesma se acalmar um pouco mais. Cinco minutos depois Estella notou que Dul estava mais calma, a terapeuta então se aproximou da ruiva e ficou em frente a mesma.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 01, 2015 9:26 pm

Estella (seria): Dul vamos conversar? (Dulce nega balançando a cabeça negativamente). Qual o problema de conversarmos? (a ruiva abaixa a cabeça e não responde se mantendo calada). Isso é receio de falar do seu pai? (Estella suspirou e contou até três esperando a raiva de Dulce aflorar, a terapeuta sorriu sem a ruiva perceber quando viu a mesma levantar o olhar cheio de raiva).
Dul (ela olha para Estella cheia de raiva): Ele não é meu pai.
Estella (seria): É sim (Dulce já ia retrucar, mas a terapeuta não deixou a ruiva falar), mas não vim falar sobre isso (a namorada de Christopher a olhou suspresa e Estella continuou a falar). Quero falar sobre o dia 15 de agosto.
Dul (ela suspira e sussurra): O dia do anúncio do término do RBD.
Estella (seria): Podemos conversar sobre isso?
Dul (ela suspira): Me promete que não vamos falar sobre Pedro Damián?
Estella (seria): Prometo não falar nada do seu pai, mas terei que falar de Pedro Damián profissional afinal foi ele que criou o RBD.
Dul (ela suspira): Ele não é ... (Estella interrompe a ruiva não deixando que ela nega mais uma vez a paternidade de Pedro Damián).
Estella (seria): Então a gente pode conversar ou não? (a ruiva suspirou com duvida se aceitava ou não com medo de Estella está blefando).
Dul (ela suspira): Pode.
Estella (seria): Ótimo (Estella sorriu enquanto Dulce brincava com suas pulseiras). Vamos sentar na cama para conversar?
Dul (ela suspira): Hum (Estella estica a mão, a ruiva aceita e pega a mão da terapeuta. As duas então vão para cama, Dul senta encostada no travesseiro e Estella fica em frente a mesma).
Estella (seria): Podemos começar (Dulce assentiu mordendo os lábios). Bom quando foi que soube do possível fim do RBD?
Dul (ela suspira): No dia 14 de março Pedro Damián e Lusillo reuniram o RBD ás pressas, depois de um telefonema de um produtor da Televisa que afirmou está tudo acertado com a Maite para protagonizar uma novela. A Maite confirmou essa informação, mas disse na época que não tinha acertado nada porque ainda não havia conversado com ele, com Lusillo e com a Carol e essa conversa aconteceria após a turnê que estávamos fazendo.
Estella (seria): Eu lembro vocês estavam em turnê pelos Estados Unidos (Dulce assentiu). Mas e ai como ficaram as coisas?
Dul (ela suspira): A Any perguntou se ela ia aceitar, Maite disse que sim e o Pedro foi categórico afirmando que se Mai aceitasse ia comprometer seriamente o RBD, pois uma novela demanda tempo e dedicação.
Estella (seria): É verdade (Dulce desviou os olhos da Estella e mirou as pulseiras). As novelas duram nove meses e são gravadas todos os dias (Dul assentiu). E ai como você ficou depois dessa bomba?
Dul (ela suspira): Me senti decepcionada, eu lembrei que á um ano atrás quis sair da banda, eles na época me crucificaram e disseram que se eu saísse o RBD acabava e o mundo da voltas (Estella assentiu). Então eu disse para eles que o que fosse resolvido para mim está perfeito, afinal não queria está perto de certas pessoas.
Estella (seria): Era do Pedro que você se referia na época?
Dul (ela suspira): Era, mas foi tudo da boca para fora porque eu não queria e nem quero que o RBD acabe.
Estella (seria): Mas infelizmente o RBD vai acabar daqui alguns dias.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 01, 2015 9:29 pm

Dul (suspira): É (a ruiva ficou com os olhos cheio de lágrimas) O Pedro pediu que não comentassem esse assunto do possível termino do RBD com ninguém e solicitou a Maite que mantivesse o produtor da Televisa quieto.
Estella (seria): Imagino que ela tenha acatado ao pedido do Pedro.
Dul (ela suspira): Sim e ela também ficou de dar uma resposta se ia aceitar ou não fazer a novela no fim da turnê pelos Estados Unidos (Estella assentiu novamente). Essa reunião foi basicamente sobre isso e foi a partir daí que minha relação com Maite, Alfonso, Anahí e Christian ficou abalada.
Estella (seria): Mas não era só a Mai que queria fazer a novela?
Dul (ela suspira): Era, mas os outros estavam sempre com ela então eu parei de me relacionar com eles também.
Estella (seria): Entendi. Mas e ai a Mai deu uma resposta ao Pedro após a turnê dos Estados Unidos?
Dul (ela suspira): Deu sim, no dia 9 de abril mais especificamente (Estella assentiu). Eu não sei o que ocorreu nessa reunião, mas foi nela que Pedro decretou o fim do RBD, pois Maite aceitou o convite da novela (Estella assentiu novamente lembrando do dia que ela tinha presenciado). Ele decretou o fim não só pela Maite, mas também por Alfonso mais eu não sabia porque eu não participei da reunião e Chris não me disse nada para não me deixar pior do que estava com a noticia do do fim do RBD (Estella assentiu de novo para que ela continuasse falando). Por essa razão eu só fiquei ciente que o fim do RBD também era vontade do Alfonso também nas outras reuniões, as quais eu participei.
Estella (seria): Entendi, mas e ai como foram as outras reuniões?
Dul (ela suspira): Bom teve uma mini reunião no salão de desembarque, mas não teve nada de mais o Lusillo só avisou que teríamos uma reunião na quarta – feira (Estella assentiu pedindo que a ruiva continuasse). Ai na quarta – feira teve a reunião com a presença de Pedro, mas não teve nada de mais eles apenas deram os avisos dos próximos shows pela América Latina.
Estella (seria): Não tocaram no assunto do fim do RBD? (Estella tocou no assunto porque viu que a ruiva não ia tocar, a terapeuta sabia que Dulce tinha perguntado sobre o fim do RBD e ela tinha saído correndo da reunião).
Dul (ela suspira): Não, mas eu perguntei (Estella sorriu sem que Dulce percebesse feliz pela siceridade da mesma, apesar dela só está tocando no assunto porque foi perguntado, a terapeuta ficou contente pelo pequeno avanço).
Estella (seria): E o que foi que lhe responderam?
Dul (ela suspira): Que não sabiam de nenhuma data ainda, mas assim eles tivessem algo decidido avisariam.
Estella (seria): Entendi (Dulce suspirou lembrando daquele dia que ela se indignou por estarem fazendo os fãs de bobos, pois os mesmos estavam achando que estava tudo a mil maravilhas vendo seus ídolos sorrirem quando na verdade o RBD se encontrava perto do seu fim). E quando foi que decidiram que o fim do RBD ia ser anunciado no dia 15 de agosto?
Dul (ela suspira): Foi logo após essa reunião, na verdade alguns dias depois dela (Estella balançou a cabeça indicando que a ruiva continuasse a falar). No dia 18 de maio, nos chegamos no México de uma turnê pela América Latina e fomos direto para Televisa (a terapeuta assentiu mais uma vez). Nos reunimos e lá o Pedro anunciou quando eles iam anunciar o fim do RBD.
Estella (seria): E como se sentiu quando ele disse que o fim do RBD ia ser no dia 15 de agosto? (a terapeuta queria saber como a ruiva tinha se sentido com a mudança de dinâmica de Pedro com relação a ela, mas Estella suspirou sabendo que não tão cedo ia tirar alguma confissão de Dulce sobre o pai biológico).
Dul (ela suspira indignada): Como acha que me senti? (Dulce levantou da cama irritada pela pergunta da terapeuta para ela, Estella estava tirando com a cara dela). Só pode está brincando comigo me fazendo essa pergunta (Estella olha para ruiva em pé feliz pela ruiva está demonstrando os sentimentos dela, mesmo que sem querer e pensar que falar sobre seus sentimentos era algo bom).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 9:01 pm

Estella (seria): O que foi Dul? Só estava querendo que me dissesse como se sentiu.
Dul (ela suspira secando algumas lágrimas que teimavam em cair): Já chega quero que vá embora (Dulce tentando esconder que estava chorando virou de costas para terapeuta. Estella suspira feliz e resignada, ela sabia que tinha conseguido tirar muito menos que gostaria que Dulce falasse, mas muito mais do que a ruiva gostaria de ter falado).
Estella (sorrindo): Tudo bem eu vou (Dulce vira num misto de surpresa e alivio por Estella está indo embora, ela estava surpresa pela terapeuta ter acatado o seu pedido e aliviada por poder parar de falar sobre um assunto que machucava tanto), mas a gente ainda vai se encontrar para conversar sobre esse assunto (a ruiva assentiu resignada secando mais algumas lágrimas sabendo que ainda ia ter que falar sobre o fim do RBD).
Dul (ela suspira coçando os olhos demostrando que sentia sono): Eu sei no dia 13 de agosto quarta – feira que vem (Estella assentiu. A ruiva ainda coçando os olhos deitou na cama de bruços).
Estella (sorrindo): Que bom que sabe (Dulce suspira sonolenta pegando o paninho de baixo do travesseiro). Então ás 16 horas na quarta – feira que vem estarei aqui ok? (a ruiva assentiu fechando os olhos). Tchau Dul (Dulce não respondeu e a terapeuta sorriu vendo a facilidade que a ruiva dormia, mas também pudera ela tinha passado agora durante a sessão de terapia por fortes emoções falando sobre o fim do RBD).

A terapeuta sorriu olhando Dulce ressonar, ela levantou devagar da cama para não atrapalhar o sono da ruiva, mas o silencio acabou sendo quebrado pelo barulhento som de mensagem recebida. Estella pegou o aparelho e saio do quarto levando o celular com ela para não acordar a namorada de Christopher, a terapeuta sabia que já era noite e Dul não podia dormir muito se queria dormir mais tarde, mas descansar por meia hora já era alguma coisa. Estella fechou a porta do quarto da caçula da família, desceu as escadas e encontrou Christopher e Blanca conversando. Claudia tinha subido a pouco com as gêmeas para o banho e para mamar. Maria subiu junto para ajudar enquanto Blanca que chegará a pouco com a senhora do supermercado ficará conversando com Chris. A terapeuta se sentou em uma poltrona ao lado de Blanca que tinha Christopher ao seu lado.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 9:06 pm

Estella (sorrindo): Oi Chris e Oi Blanca!!!
Chris (sorrindo): Oi Estella!!!

Blanca (sorrindo): Oi Estella, o Chris me disse que você estava lá em cima com a minha filha (Estella assentiu). Como foi lá com a Bebê?
Estella (ela ficou seria tomando ar profissional): Foi complicado para ela, mas foi muito proveitoso para nossa terapia.
Chris (sorrindo): Que bom que a Bebê conseguiu se abrir.
Blanca (sorrindo): E o que foi que ela disse? O Chris me contou que foi e está sendo bem complicado digerir o fim do RBD (Christopher assentiu). Ele me contou também que foi muito duro tratar as reuniões a respeito do fim da banda principalmente a última reunião onde o Poncho atacou verbalmente a minha Bebê.
Estella (seria): Eu não posso dizer Blanca seria antiético da minha parte (Estella ia seguir falando mais foi interrompida por Blanca).
Blanca (ela suspira envergonhada): Claro me desculpe Estella não devia ter feito um pedido desse (Estella assentiu sorrindo tentando dizer que entendia que aquele era um pedido de uma mãe aflita).
Estella (sorrindo): Eu entendo Blanca fique sossegada (a terapeuta tocou a mão de Blanca a tranquilizando e em seguida retomou a expressão seria totalmente profissional). Eu não posso comentar sobre o que Dul disse, mas posso afirmar que ela não citou em nenhum momento que Poncho a atacou verbalmente.
Chris (serio): Alfonso a atacou verbalmente sim na nossa última reunião.
Estella (seria): Me conta então como aconteceu.
Chris (serio): Claro aconteceu assim (Estella assentiu para que continuasse a falar e Blanca somente ficou de espectadora). Bom tudo começou quando o Pedro anúncio que o fim do RBD ia ser no dia 15 de agosto ... (Christopher suspirou lembrando do dia e relatando o ocorrido para a terapeuta e consequentemente para Blanca também).

FLASH BLACK

Chris (serio): E que dia vai ser anunciado o fim do RBD?
Pedro (serio): Dia 15 de agosto (todos suspiraram pesarosos inclusive Pedro Dámian).
Any (ela suspira com lágrimas nos olhos): Estamos á vinte cinco dias do anuncio do fim do RBD então? (Pedro, Carolina e Lusillo assentiram).

A ruiva suspirou em meio a indignação por achar que ainda não era a hora do fim assim como Christopher, Anahí, Christian, Pedro, Carolina e Lusillo. Todos esses citados também estavam tristes pelo fim do RBD, mas somente Dulce externava sua dor.

Dul (ela suspira indignada): Satisfeita Maite? Era isso o que você queria não é o fim do RBD?
Mai (seria): Não Dul, eu não queria que o RBD acabasse.
Dul (ela suspira): Claro só não queria fazer mais parte dele (Maite assentiu com lágrimas nos olhos ao ver o quanto Dulce estava ferida, mas a morena não tinha culpa pelo menos não toda culpa). Sinto lhe informar Maite, mas a sua desistência do grupo implica diretamente com o fim do RBD então sim você é culpada (Christopher tenta abraçar a namorada mais ela se afasta).
Chris (ele suspira carinhoso e continua a tentar abraçar a namorada): Calma Bebê me deixa te abraçar.

Dulce nega com lágrimas nos olhos. Christopher, Anahí, Christian também tinham lágrimas nos olhos. Oso, Guido, Pedro, Carolina e Lusillo somente observavam tudo deixando Dulce desabafar já que era algo raro. Apesar dá aparente calma dos cinco, eles também se encontravam emocionados.

Poncho (serio): Eu também não queria mais fazer mais parte RBD, mas eu não sou culpado pelo fim da banda e nem a Mai.
Dul (ela suspira irônica): Claro que não (a ruiva suspira tentando parar de chorar). E de quem é a culpa então? Minha por ser filha dele (ela aponta Pedro) mesmo não querendo ser e por tudo que essa descoberta de paternidade abrange? (Guido, Christopher, Anahí, Alfonso, Maite, Christian, Oso, Pedro, Carolina e Lusillo suspiram pesarosos pela dor da ruiva que parecia ser bem maior do que todos ali).
Poncho (serio): Acho sim que fazem parte dos motivos pelo fim do RBD (todos olharam para Alfonso e balançaram a cabeça incrédulos pela crueldade das afirmações dele. Pedro saiu de assombro pela afirmação de Poncho e falou tentando esconder a fúria pelo comentário de Alfonso)
Pedro (ele suspira tentando manter a calma): Chega os três (Christopher mesmo incrédulo pelo comportamento de Alfonso conseguiu puxar a namorada para o colo dele, Dulce entorpecida pelas palavras de Poncho deixou – se ser levada mesmo sem querer de fato sentar no colo do amado, ela queria na verdade sair dali).

FIM DO FLASH BLACK
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 9:10 pm

Chris (suspira): Foi isso que aconteceu (ele se levantou irritado depois de ter relembrado das palavras duras de Alfonso, Blanca olhava horrorizada por ter permitido que Alfonso em um passado não tão distante namorou sua caçula e frequentou sua casa e Estella somente observava esperando a hora de falar). Eu fiquei decepcionado com Alfonso, o Pedro, Oso em fim quase todos ficaram na verdade.
Blanca (suspira): Eu também estou decepcionada.
Estella (suspira): Eu sei que ficaram decepcionados com o Poncho e entendo as razões de vocês, mas tenho quase certeza que ele não acredita que é culpa da Dul.
Chris (suspira indignado com a afirmação de Estella): Ah não? Mas foi exatamente o que ele disse naquela noite e que acabei de relatar (Blanca somente suspirou entendendo o que a terapeuta estava dizendo).
Estella (suspira): Eu sei você acabou de me dizer o que ele falou, mas eu acho que Alfonso disse que Dul também tinha culpa do RBD ter acabado mais por auto defesa (Christopher suspira percebendo que a terapeuta estava certa).
Blanca (suspira): Acho que Estella tem razão.
Chris (ele suspira sentando novamente): É talvez tenta razão, mas continuou dizendo que ele não tinha o direito de falar o que disse para Dul.
Blanca (suspira): Nisso concordo com ele.
Estella (seria): Eu concordo que ele errou, mas preciso mostrar para você para que me ajude com a Dul a entender as razões de Alfonso ter dito o que disse e principalmente eu necessito que Dulce entenda e supere o fim do RBD (Christopher assentiu concordando em ajudar Estella). E eu quero que também supere o fim do RBD para seguir sua carreira.
Chris (ele suspira): Está sendo difícil, mas eu vou conseguir e vou ajudar a Dul a superar o fim do grupo também.
Estella (ela sorri aliviada): Fico feliz e aliviada que está junto comigo e principalmente que quer superar o fim do RBD.
Blanca (sorri): Fico feliz e aliviada também (Christopher sorri). Você é tudo para nossa Bebê e sei que com a ajuda da Estella e principalmente com a sua Dul vai superar essa fase difícil (Blanca pega a mão de Christopher e acaricia, ele sorrindo beija mão dela).
Chris (ele o olha emocionado): Dul é minha vida eu faço qualquer coisa por ela.
Blanca (ela sorri emocionada): Eu sei que faz porque conheço minha Bebê e eu tenho plena certeza que ela faria qualquer coisa por você também (Christopher assentiu emocionado pelas palavras da sogra e também pela carga emocional do fim do RBD). Eu vou ver se Maria precisa de ajuda com o jantar (Estella e Christopher assentiram). Querem um suco, uma água ou uma xícara de café? (Chris negou secando as lágrimas as três opções dadas pela sogra).
Estella (ela sorri): Eu aceito uma água Blanca (Blanca assentiu e saiu até a cozinha para buscar um copo de água para Estella. A terapeuta fica seria). Não quer conversar sobre o que está sentindo sobre o fim do RBD?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 9:13 pm

Christopher assenti e ele começa a falar sobre o que sentia em relação ao fim do RBD. Blanca apareceu no inicio da conversa dele com Estella para trazer o copo de água para mesma, mas logo se retirou de volta para cozinha para ajudar Maria. Chris então contou que se sentia triste com o fim do RBD, mas que no fundo entendia que tudo um dia tinha que chegar ao fim e que talvez o momento do o termino do grupo fosse aquele mesmo. Estella suspirou aliviada ao escutar Christopher tão sereno e sensato apesar do turbilhão de emoções que ele estava vivendo junto a namorada.

Estella (sorrindo): Estou aliviada pelas suas palavras serenas e sensatas (Christopher sorriu envergonhado). Fico muito contente mesmo e peço sua ajuda para juntos enfrentamos o termino do RBD com Dulce.
Chris (sorrindo): Claro pode contar comigo (o celular de Dulce toca e Estella lembra que o telefone da ruiva se encontrava em suas mãos). O celular da Dulce está tocando preciso acha – ló deve está por aqui (ele já ia levantar mais Estella o interrompeu).
Estella (sorrindo): O celular está aqui comigo (ela entrega o celular para ele) era para ter te dado quando eu desci, mas acabei esquecendo quando começamos a conversar com Blanca e com você (Christopher liga o celular e vê uma mensagem de número desconhecido).
Chris (ele ficou serio lembrando): É uma mensagem de um número desconhecido (Chris franze a testa preocupado).

“ A VERDADE NEM SEMPRE É O QUE PARECE “
ASS: PESSOA A QUEM VOCÊ DEVE E PRECISA CONHECER

Chris (serio): Acho que já vi essa mensagem antes (Chris franze a testa tentando se lembrar de quando tinha visto essa mensagem antes).
Estella (seria): Quando? (Estella franze a testa também preocupada).
Chris (serio): Dul recebeu essa mensagem, eu lembro bem, pois foi na nossa última turnê.
Estella (seria): Serio? (Christopher assentiu). Então será que é a Fernanda a pessoa desconhecida? (Estella franze a testa também preocupada).

Chris (serio): Infelizmente sim.
Estella (seria e preocupada): Meu Deus se for mesmo ela temos que preparar Dulce para isso (Chris assente). Olha se a mensagem antes dessa também é de uma pessoa desconhecida (Christopher assente e olha se tem uma mensagem anterior).
Chris (serio): A mesma mensagem (ele mostra a mensagem).

“ A VERDADE NEM SEMPRE É O QUE PARECE “
ASS: PESSOA A QUEM VOCÊ DEVE E PRECISA CONHECER
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Ago 15, 2015 9:16 pm

Estella (seria): Chris temos que contar ao Pedro imediatamente sobre essas mensagens.
Chris (serio): Tem razão (ele olha a mensagem). Eu apago?
Estella (seria): Não a Dul precisa ler essas mensagens (Chris assente colocando a mensagem como não lida). As mensagens vão nos ajudar a fazer a Dul entender o que está acontecendo.
Chris (serio): Tem razão de novo (Christopher sai do arquivo mensagens e bloqueia o celular deixando o mesmo na mesa de centro).
Estella (seria): O Pedro também precisava ler essas mensagens.
Chris (serio): Verdade (Christopher pega o celular na mesa de centro). Quer levar para O Pedro ler?
Estella (seria): De jeito nenhum, a Dul pode sentir falta do celular (Christopher assenti colocando o celular na mesa de cabeceira novamente). Eu posso contar para ele a respeito das mensagens e sobre nossa preocupação de ser a Fernanda dona dessas mensagens anônimas.
Chris (serio): Tudo bem. Quer que eu também vá?

Para surpresa de Christopher e Estella, Dulce apareceu na surdina mais sorte deles que ela não tinha escutado nada, a não ser a última pergunta de Chris. Dul coçando os olhos sentou no colo do namorado ficando de costas para terapeuta que somente observava o comportamento de Dulce, Estella aproveitava toda oportunidade possível para observar seus pacientes, principalmente com o emocional tão complexo e com a história de vida intensa como da ruiva.

Chris (ele abraça a namorada carinhosamente): Acordou Bebê dorminhoca (Dulce suspira e deita a cabeça no ombro dele).
Dul (sonolenta e manhosa): Não sou dorminhoca, eu nem dormi muito.
Chris (abraçado a namorada): Verdade meia hora de sono não é nada para você (a ruiva levantou a cabeça do ombro do namorado e assentiu coçando os olhos). Ainda está com soninho? (Dulce assentiu novamente. Estella riu a manha da ruiva).

Dulce Maria por um momento tinha esquecido da presença da terapeuta, a ruiva curiosa virou o corpo e mirou a terapeuta.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Set 12, 2015 9:18 pm

Dul (ela suspira). O que ainda está fazendo aqui? Pensei que já tinha ido embora.
Chris (ele repreende a namorada): Ei mocinha isso é jeito de falar.
Dul (ela suspira manhosa): Só estou perguntando.
Estella (sorrindo): Tudo bem Chris (Christopher somente sorri e Dulce olha expectante). Eu estava conversando com o Chris.
Dul (ela fica seria achando que Estella tinha falado algo dela): Estavam falando de mim?

A terapeuta fica seria tentando passar credibilidade para ruiva, pois a mesma jamais falava a respeito do que a paciente contava para ela, mas Estella não podia negar que ela conversava com a família dos pacientes a respeito dos mesmos mais no momento Dulce não podia saber disso para não piorar tudo.

Estella (seria): Claro que não o que conversamos nas nossas sessões só dizem respeito a nos (Dulce suspirou seria e Christopher somente observava). Eu estava tendo a terapia individual que ele tem direito assim como você.
Dul (seria): Hum (Christopher sorriu tentando passar confiança a Estella, pois a mesma tinha se saído bem de sua explicação para ruiva). E onde quer que o Chris vá com você?
Estella (seria): Eu não quero nada, o Chris que se ofereceu para me levar em casa (Dulce virou o corpo e olhou para namorado, o mesmo somente assentiu confirmando o que a terapeuta falará e a ruiva voltou o corpo para olha – lá), mas eu disse que não precisava porque eu volto para casa de táxi.
Dul (seria): Melhor ir de táxi mesmo (Blanca entra na sala e escuta Dulce falando para Estella deixando Christopher sem graça).
Blanca (seria): Dulce Maria que modo são esses? (Dulce bufou e Christopher ficou grato pela presença da sogra). O Christopher vai leva – lá de carro para casa.
Chris (sorrindo): Com todo prazer (Estella sorriu agradecida e a ruiva bufou mais uma vez).
Blanca (seria):  Pensando melhor Estella vai ficar conosco para o jantar.
Dul (seria): Ela não vai ficar.
Blanca (ela suspira repreendendo a filha): Dulce Maria.
Estella (ela sorri tranquilizando Blanca): Agradeço o convite dona Blanca, mas meu marido me espera para jantar na nossa casa.
Dul (seria): Viu por isso ela não pode ficar.
Blanca (ela suspira): Espero que seja por isso mesmo Dulce Maria porque não vou admitir filha mal educada.
Chris (ele sorri levantando do sofá): Eu vou buscar a carteira e as chaves do carro para te levar Estella já volto (a terapeuta assentiu. Blanca sorriu agradecendo e Dulce olhou contrariada se sentindo triste por ele levar a terapeuta sabendo que ela não queria, mas Christopher ignorou o olhar dela e seguiu para o quarto para pegar a carteira e a chave).
Dul (ela suspira triste): Chris não acredito que vai levar ela (Chris ignorou a namorada e continuou seguindo em direção ao quarto). Chris (Blanca suspira sem graça e Estella somente olhavam a reação de Dulce). Christopher, por favor, não vai com com ela (Dulce Maria se levanta e segue Christopher).
Blanca (ela suspira): Desculpa, ela não costuma ser mal educada assim (Estella toca as mãos de Blanca de forma gentil). Quer dizer ultimamente Dulce anda tão rebelde, acho que ela está colocando para fora toda rebeldia que aprendeu na novela.
Estella (sorrindo): Achei que ia dizer que ela estava colocando toda rebeldia para fora da época que era adolescente (Blanca sorriu e Estella sorriu de volta tranquilizando – a). ]
Blanca (ela sorri): Dulce foi uma rebelde normal na adolescência (Estella sorriu novamente), mas definitivamente não chega nem aos pés do que ela está me aprontando desde que descobriu que era adotada.
Estella (sorrindo): É normal Blanca, ela está testando vocês.
Blanca (ela sorri): É você já disse isso.
Estella (sorrindo): Pois então fique tranquila essa reação toda faz parte do processo (Blanca assentiu de novo). Agora o que você viu a pouco foi ciúmes puro.
Blanca (ela sorri): Ciúmes?
Estella (sorrindo): Dul tem ciúmes do Chris com relação a mim (Blanca sorriu), tanto ciúmes que ela esquece que tenho marido (Blanca balança cabeça sorrindo). E Dul é arredia quando estou próxima a ela mesma, a família incluindo o pai, o irmão e Ângela porque tem medo de tudo que envolve a relação de vocês e do que ela represente.
Blanca (ela fica seria): É ei já percebi isso.
Estella (ela fica seria também): Mas não se preocupe já estamos combatendo isso (Blanca assentiu com lágrimas nos olhos). Não fique triste estamos indo bem.
Blanca (ela suspira enxugando as lágrimas): Eu sei.
Estella (seria): Pois não fique assim vai dar tudo certo (Blanca assentiu mais uma vez). Fique certa que eu irei ajudar Dul assim com ajuda de todos vocês (Blanca assentiu novamente).
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Admin em Sab Set 12, 2015 9:26 pm

No quarto de Dulce Maria

Christopher estava se mantendo calado e ignorando a namorada, ele foi ao banheiro pegou a carteira e a chave e já deixava o quarto quando Dulce Maria se interpôs na frente dele.

Dul (ela suspira com lágrimas nos olhos): Chris, não me deixa, por favor.
Chris (serio): Eu não estou te deixando Bebê.
Dul (ela suspira com lágrimas nos olhos): Está.
Chris (serio): Não estou (Dulce Maria chora tentando sensibilizar o namorado que continua impassível). Eu só vou deixar a Estella em casa e já volto (Chris suspira vendo a namorada com lágrimas no rosto). Me deixa passar Dul, por favor, eu juro que não demoro (a ruiva nega limpando as lágrimas nos olhos). Dulce me deixa passar (ela nega mais uma vez. Ele suspira, afasta o corpo da namorada com a mão e segue seu caminho até a sala).

Dulce Maria aos prantos viu o namorado passar por ela, a ruiva então seguiu Christopher e o alcançou já na sala junto com Blanca e Estella.

Dul (ela suspira com o rosto molhado pelo choro): Chris não vai (ela abraça o namorado enxugando o rosto. Estella observa o comportamento da ruiva e Blanca suspira pensando uma forma de ajudar o genro).
Estella (seria): Chris não quer mesmo que eu vá de táxi? (Estella perguntou pedindo silenciosamente para que Christopher seguisse firme).
Blanca (sorrindo): Ele vai sim Estella.
Chris (serio): Claro que eu vou te levar em casa (Dulce se sentindo a pior das pessoas deixa de abraçar o namorado e suspira tentando parar de chorar).

Dulce Maria com os lágrimas nos olhos suspira irritada por está chorando, Dulce enxuga brava o rosto por Estella está vendo ela chorando e sai da sala rumo o quarto dela. Blanca, Christopher e Estella suspiram vendo Dulce seguir para o quarto.

Estella (seria): Acho melhor ir mesmo de táxi, nos magoamos a Dul (Blanca e Christopher tiraram os olhos do corredor e voltaram seus olhares para Estella).
Chris (serio): Nos a magoamos sim, mas não posso alimentar esse ciúmes bobo da Bebê (Blanca assentiu). Quando eu voltar converso com ela.
Blanca (seria): Chris tem razão Estella (Estella suspirou assentindo). Eu ia conversar com a Bebê, mas é melhor você conversar com ela quando você voltar.
Chris (sorrindo): Pode deixar (Blanca sorriu). Vamos Estella?
Estella (sorrindo): Vamos sim (Christopher sorriu). Tchau dona Blanca (a terapeuta se aproxima de Blanca e a abraça). Obrigada por tudo e desculpe qualquer coisa.
Blanca (sorrindo): Eu que agradeço por está nos ajudando e não precisa pedir desculpa, pois eu é que tenho que pedir desculpas pela birra infundada da minha Bebê.
Estella (sorrindo): Imagina (Chris assente concordando com Blanca). Dul só está insegura mais é normal no caso dela. Bom deixa eu ir lá nos vemos quarta – feira que vem.
Blanca (sorrindo): Até quarta.
Chris (sorrindo): Volto já minha sogra.

Blanca assentiu sorrindo, ela abriu a porta para Christopher e Estella saírem, depois entregou o comando da porta da garagem para Chris e voltou para dentro de casa. Assim que Blanca fechou a porta da casa, ela deu de cara com a filha caçula no topo das escadas, a sogra de Christopher ia se aproximando de Dul, mas a mesma deu meia volta e retornou ao quarto. Blanca então balançou a cabeça sorrindo imaginando que o genro ia ter problemas com a namorada birrenta e seguiu para cozinha a fim de ajudar a Maria nos últimos preparativos do jantar.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 517
Data de inscrição : 02/07/2014

Ver perfil do usuário http://dulrevoltsavinon.forumbrasil.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Só o amor pode salvar dar dor (continuação) POST INÉDITOS

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum